RSS Feed

O técnico da técnica

Posted on Wednesday, August 11, 2010 in Convidados, Ferramentas, Podcast, Tradução Técnica

Este é o nosso maior episódio até hoje. O papo com o Ricardo Souza foi tão interessante que gravamos durante duas horas! Acabamos cortando um pouco para vocês não ficarem cansados de nós, mas o episódio ficou muito legal! Esperamos que vocês gostem, pois nós adoramos a conversa sobre tradução de máquina.

Algumas peculiaridades do episódio: batidas de palmas e latidos de cachorro. Gravamos na época da Copa, e os bichos da vizinhança estavam atormentados com as tais vuvuzelas.

Referências do episódio:

Tradução de máquina

Babelfish

Systran

Google Tradutor

Bing

Power Translator

Deep Blue X Kasparov

Bring on the comments

  1. Adorei a participação do Renato (assim como todas as outras)! Vocês estão fazendo um belíssimo e valioso trabalho! Vocês viram que coloquei vocês na listinha de blogs e sites essenciais para tradutores iniciantes? Claro, não só para eles, mas todos os principiantes deveriam passar por aqui! 🙂

  2. Nossa, quanto “vocês” coloquei em tão pouco texto!

  3. Renato Beninatto says:

    Ricardo foi excelente. Proponho um bate papo rápido entre eu e ele no futuro porque eu não concordo com uma coisa que ele disse que eu disse. Eu tenho dito que no novo contexto do mercado de tradução, o tradutor profissional vai ter mais relevância. Em breve lançarei um video onde falo de desintermediação, tendência boa para os tradutores.

    Renato Beninatto

    • Val Ivonica says:

      Nem preciso dizer que o Tradcast está mandando muito bem, seria chover no molhado. Falam de assuntos sérios e importantes para os tradutores, mas sem aquela formalidade, aquela aura de “eu sei tudo”. Um bate-papo gostoso e leve entre amigos, que lembra os pré ou pós congresso e que eu adoro muito.
      E eu apoio totalmente um “duelo” entre Renato e Ricardo. Depois do que vimos em Porto Alegre, acho que todos sairiam ganhando com um debate desses.

  4. Olá, trabalho como freela em françês mas os trabalhos ainda são poucos. Descobri o podcast pesquisando sobre a profissionalização do trabalho.
    Acabei de ouvir os primeiros episodios e achei o pessoal muito simpático, baixando este aqui agora (vai demorar um pouco, kkk) onde espero encontrar masis informações sobre esses tais programinhas de tradução. 😉

    abr!

  5. Marcos Zattar says:

    Muito bom! Obrigado por compartilhar!

    Melhor ainda se as entrevistadoras tivessem dado mais espaço ao Ricardo e deixado que ele concluísse os seus raciocínios, sem ficar interrompendo constantemente.

    Abs
    Marcos

  6. Wálisson Dias says:

    Estou entrando agora para um curso de pós graduação em tradução e o traducast está me ajudando muito nas minhas dúvidas iniciais quanto a área, o mercado de trabalho, entre outros assuntos discutidos. Já virei fã. Gostaria, se possível, sugerir que vocês fizesse uma edição especial sobre os fansubs (grupos que traduzem séries pela internet). Vocês comentaram um pouco sobre eles neste programa mas eu acredito que daria margem para uma boa discussão.
    No mais, parabéns!

  7. Wálisson Dias says:

    *vocês fizessem

  8. Maria Carolina says:

    Seria melhor que deixassem o entrevistado falar…

    • admin says:

      Maria Carolina,
      Obrigada pelo comentário. 🙂
      Nossa ideia é bater um papo com os convidados, como se estivéssemos numa mesa de bar ou nos corredores de um congresso profissional. Damos muito valor à informalidade, por isso às vezes nos atropelamos um pouco. É normal. 🙂 O formato de entrevista não nos permitiria tanta interação, por isso optamos por conversar com os convidados, em vez de simplesmente entrevistá-los e fazer um podcast formal demais.

Leave a Reply

Google+